Espaço de reflexão sobre a vida e tudo o que dá vida, evidenciando fecundidade plena. Lugar aberto a propostas como desejos de decisões para um Mundo sempre mais Humano!
Sexta-feira, 28 de Março de 2008
Aconteceu há 50 anos

Pequeno Poema

 

Quando eu nasci,

ficou tudo como estava.

 

Nem homens cortaram veias,

nem o Sol escureceu

nem houve estrelas a mais...

Somente,

esquecida das dores,

a minha Mãe sorriu e agradeceu.

 

Quando eu nasci,

não houve nada de novo

senão eu.

As nuvens não se espantaram,

não enlouqueceu ninguém...

 

para que o dia fosse enorme,

bastava

toda a ternura que olhava

nos olhos de minha mãe.

 

( in Sebastião da Gama, “Serra-Mãe”, 1945)

 



publicado por jodi às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Sexta-feira, 21 de Março de 2008
Dia Mundial da Poesia

Poesia, Primavera

e

Paixão

Hoje é dia mundial da poesia

Rainha de palavra em arte ritmada

Sabor e perfume suave, em ironia

Ser capaz de ir além e ser amada.

 

Transmite os sonhos e a realidade

Em desejos audazes ou temerosos

Fixa essência de gestos, em verdade

E a simplicidade de actos majestosos

 

Mas é também dia de equinócio

Estação luminosa, nada austera

Fogem dias cinzentos e o ócio

Surge vibrante a colorida Primavera

 

Porém toda a ave vibra e canta

Imitando o fervor dos corações

Porque hoje é sexta-feira santa

Dia de contemplação e orações.

 

Vive-se com respeito a Paixão

Recorda-se a Morte do Senhor

Proclama-se bem forte a Razão

Daquele que se doou, pelo Amor!

JD – 21Mar08



publicado por jodi às 23:33
link do post | comentar | favorito

Domingo, 16 de Março de 2008
Tempo de perdão!

 

REFLEXÃO QUARESMAL

 

Se acuso alguém injustamente

Se mal eu pensei do meu irmão

Só porque a simpatia esteve ausente…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se com gestos e palavras fiz o mal

Ofendendo e perfurando o coração

Agressivo, eu me tornando, afinal…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se me deixo abater pelo desânimo

E não procuro a reconciliação

Ficando passivo e sem dar ânimo…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se não me dou como devia

E aos outros não concedo atenção

Desprezando os momentos de alegria…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se a preguiça, o egoísmo e a mentira

Na minha vida, bem presentes estão

E lanço à minha volta olhares de ira…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se me esqueço de olhar para os que sofrem

E ter atitudes de conforto e mais acção

Recusando aqueles que nos acolhem…

É tempo de pedir o Teu perdão!

 

Se repleto estiver de humildade

Implorando de Ti reconciliação

Ao sentir o Amor e a Verdade….

É certeza obter o Teu perdão!

 

JD – 16/Mar./08



publicado por jodi às 23:26
link do post | comentar | favorito

Mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Natal Feliz para todos!

Votos de Santo e Feliz Na...

Bênção das Pastas 2008

Salvé 20 de Abril

Aconteceu há 50 anos

Dia Mundial da Poesia

Tempo de perdão!

"Dia de S. Valentim"

Salvé 2008!

Mais uma mensagem

Arquivos

Dezembro 2009

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

UMA AMIZADE

Poema à vida!

Dia da Mulher

Veja também...
Observadores:
Favoritos

UMA AMIZADE

Poema à vida!

Dia da Mulher

Visitante número...
blogs SAPO
subscrever feeds