Espaço de reflexão sobre a vida e tudo o que dá vida, evidenciando fecundidade plena. Lugar aberto a propostas como desejos de decisões para um Mundo sempre mais Humano!
Domingo, 16 de Dezembro de 2007
Um poema de Natal

Natal 2007

 

Neste tempo, festejamos

O mais célebre Nascimento.

E assim comemoramos,

Em família, este momento! recados para orkut

 

Eis-nos chegados, agora,

A um Caminho de Luz;

Percorrido hoje e outrora

Rumo ao Menino Jesus!

 

Em tempo de amor e paz

Reprimindo o ódio, o mal,

Com festejo humilde, audaz,

Vivamos este Natal.

 

Apreciemos luz e cor

Que tornam a Terra bela.

Mas não esqueçamos o amor,

Pois é urgente aquecê-la.

 

Esse calor desejado

Terá qu’ invadir corações.

Em Natal abençoado,

Transformará multidões!

 

No desconforto da gruta,

Será que é visto um sinal

Que nos indica a conduta

Para viver este Natal?

 

Foi Natal marco da história

Que mudou a Humanidade!

Marcou tempo, faz glória;

Lançou gestos de humildade!

JD – Dez.07



publicado por jodi às 23:38
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De MID a 16 de Dezembro de 2007 às 23:48
Obrigada.. pelo lindo poema , nesta quadra natalícia.. Que todos ,quantos o lerem consigam levar no coração um pouco desta mensagem..Parabéns.. ao meu colega e amigo! Um Santo Natal, para TI :)


De MJ a 19 de Dezembro de 2007 às 23:59
Boa noite, Zé

Obrigada pela mensagem de Natal.
Como, neste momento, estou sem veia poética, deixo-te um poema belíssimo de Miguel Torga que publiquei no meu novo blog. Poderás lê-lo aqui http://arrumadoresdepalavras.blogspot.com/2007_11_01_archive.html

Um abraço

MJ


De Nita Ferreira a 31 de Dezembro de 2007 às 01:11
Já passaram dois mil anos
Nita Ferreira

Já passaram dois mil anos e ainda
Corações gelam no frio da guerra
Que alastra, devoradora, infinda
Semeando desolação na terra

E mergulha o mundo na injustiça
Na miséria humana e na pobreza
Mas os grandes, caridosos na missa
Dão esmola choruda com certeza

Triste ausência de amor, hipocrisia
É Natal de Jesus e não podia
Era outra a vontade do Menino

Ele que há mais de dois mil anos nasceu
De amor tamanha lição nos deu
Na humildade que foi o seu destino

Nita Ferreira


Comentar post

Mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Natal Feliz para todos!

Votos de Santo e Feliz Na...

Bênção das Pastas 2008

Salvé 20 de Abril

Aconteceu há 50 anos

Dia Mundial da Poesia

Tempo de perdão!

"Dia de S. Valentim"

Salvé 2008!

Mais uma mensagem

Arquivos

Dezembro 2009

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Favoritos

UMA AMIZADE

Poema à vida!

Dia da Mulher

Veja também...
Observadores:
Favoritos

UMA AMIZADE

Poema à vida!

Dia da Mulher

Visitante número...
blogs SAPO
subscrever feeds